Folha de Embu

Você está aqui: Página Inicial » Notícias » Saúde

Aumento do IPTU no Taboão revolta moradores

Folha de Embu | Atualizado em: 18/02/2010 00:00:00
A mobilização dos moradores de Taboão da Serra contrários ao aumento do IPTU está mais forte e organizada. Na terça-feira, 9, eles fecharam por quase 40 minutos a rua Dr. José Maciel, em frente à Câmara Municipal da cidade para cobrar dos vereadores a Revogação da Lei que atualizou a Planta Genérica de Valores (PGV) da cidade e acabou ensejando o aumento do imposto. A Polícia foi acionada, mas não houve tumulto.

Os moradores estão indignados com os vereadores e expressam uma insatisfação por meio de frases, faixas, gritos e palavras de ordem exigindo a revogação da Lei.

Os vereadores estão literalmente acuados, e, sem saber o que fazer, ou como explicar um a aprovação de uma Lei tão importante sem qualquer tipo de debate ou discussão com a população afetada pela medida. Os vereadores mudam o discurso a todo instante e até tentam encontrar meios de minimizar os transtornos e acalmar a multidão enfurecida contra o aumento do imposto. Mas, o esforço acaba esbarrando nenhum fato de que eles não debateram ou discutiram o assunto quando deveriam.

Por várias vezes durante as sessões os vereadores nem mesmo conseguiram usar apalavra com tranquilidade na Casa Legislativa, já que os gritos pedindo a revogação da lei, as vaias e até os xingamentos se sobressaiam ao som do microfone.

No semblante de cada um dos vereadores o arrependimento do voto que resultou no aumento do imposto é visível. Mesmo os tentam negar que uma responsabilidade estão preocupados com a intensa mobilização popular que acabou se formando. A esperança deles é que uma chegada do Carnaval e do aniversário da cidade arrefeça os ânimos da população que mesmo sem bandeiras partidárias está dando uma lição de como se faz oposição.

A cada nova mobilização dos moradores, os vereadores entendem que dessa vez não vão conseguir convencer usando discursos esvaziados de realidade. Os manifestantes são preparados, críticos, com formação, e, portanto, mais difíceis de serem manipulados.   

“Os vereadores vão perceber que dessa vez não vão convencer com discursos mentirosos”, afirma um morador do Maria Rosa.

O vereador Paulo Félix voltou a Garantir que a Lei não será revogada pela Câmara. O presidente da Câmara, vereador Eloi diz que os aumentos concedidos foram abusivos. Mesmo assim provoca protestos da multidão já que ele poderia ter vetado o projeto.

O vereador Aprígio afirma que só há duas formas de reverter o problema. “Ou reduz a alicota ou refaz o PGV dentro de valores reais. Sem isso o problema só vai estar sendo empurrado com uma barriga”, avisa.

Adicionar comentário

Aviso: No momento do cadastro são capturadas informações que possibilitam a identificação individual do usuário e de seu computador

banner_linkei_1 anuncio_sansuy_1 anuncio_embu_sa_1

Folha de Embu
Fundado em 04/01/59 - Diretor: Edvan Ramos de Carvalho - Fundador: Dr. Mário Osassa
Endereço: Estrada de Itapecerica a Campo Limpo, 194 - Jd. Independência - Embu/SP
Cep: 06823-300 - Tel/Fax: 11 4149-9556 - Nextel 7743-8133 - Nextel ID - 13*918661 no site - E-mail: folhadeembu@terra.com.br