Folha de Embu

Você está aqui: Página Inicial » Notícias » Local

Cartão Cidadão promete benefícios aos moradores de Embu das Artes

Folha de Embu | Atualizado em: 8/09/2017 00:00:00

Reprodução/Jornal na NetJones Donizetti garante que os moradores de Embu serão beneficiados com a implementação do Cartão Cidadão Embuense

Durante coletiva de imprensa aos jornalistas da região, nesta terça-feira, 05, Jones Donizete, secretário de Gestão de Tecnológica e Comunicação de Embu das Artes, apresentou o Cartão Cidadão Embuense, ainda em fase de implementação, que segundo ele, fará a prefeitura do município dar um salto nunca visto entre as cidades da região, na produção e gerenciamento de dados da população. De acordo com o secretário, as possibilidades de utilização que o cartão Cidadão Embuense vai produzir são ilimitadas. Os dados nunca obtidos na história de Embu vão superar em muito os que o IBGE apresenta. O cartão vai custar em média R$ 9,50 por morador cadastrado. O investimento será de 2,4 milhões, além da manutenção do sistema.

Caso as promessas se concretizem, Embu das Artes será uma das cidades com uma das mais modernas gestões pública do país. Além de ser uma espécie de banco de dados sobre a população de Embu, o Cartão Cidadão promete dar presteza aos serviços públicos e acabar com a burocracia.

Segundo Jones Donizetti os benefícios para a população são infinitos. “O céu é o limite”, disse diversas vezes durante a coletiva. Com o Cartão Cidadão será possível que os moradores agendem consultas sem ir às unidades de saúde, receber exames, acompanhar o rendimento escolar dos filhos, a alimentação e até a presença na escola. Para as mulheres trará mais segurança nos pontos ônibus, já que poderá informar o horário exato em que os ônibus vão passar.

“É possível que o pai de um aluno da rede municipal receba um SMS no seu celular avisando que o filho não entrou na aula, por exemplo. Ou então que o pai confira as notas do seu filho através do aplicativo, ou ainda qual foi a merenda do dia. As possibilidades que temos são enormes e vamos explorar ao máximo essa tecnologia”, garante Jones.

O cadastro será feito pela empresa ZTEC, responsável pela implantação, partir do dia 20, que irá colher os dados para confecção dos cartões. Na primeira fase serão cadastrados cerca de cinco mil funcionários públicos e os quase 30 mil alunos da rede municipal. A expectativa é que dentro de três meses, cerca de 50% da população de Embu das Artes já esteja fazendo uso do cartão.

 Tatiana Perez, da empresa ZTEC, diz que em diversos bairros o cadastramento será feito no próprio local. “Temos pessoal capacitado para fazer esse cadastro nos locais onde está a população, nem mesmo o deslocamento será necessário, estaremos atuando nos bairros”, esclareceu. Os documentos exigidos serão RG, CPF, título de eleitor, SUS e comprovante de endereço atualizado. Na ocasião também, serão colhidas foto, impressão digital e digitalização de toda documentação apresentada.

Segundo a empresa ZTEC, o cartão terá dois chips, um para armazenar dados e outro para transações financeiras, para que no futuro, se o governo quiser criar uma espécie de “bolsa família” tenha como colocar crédito direto no cartão. “São soluções possíveis, estamos preparando Embu para a cidade digital”, lembra o secretário.

O projeto é ambicioso. Segundo Jones Donizetti uma das formas de incentivar a população a realizar o cadastro e utilizar o cartão é por meio do comércio. “Conversamos com empresários e comerciantes que vão dar descontos e promoções para quem tiver o cartão. Em vez do morador de Embu comprar em outras cidades, ele passa a utilizar o comércio local, incrementado nossa economia”, destacou.

Jones Donizetti lamenta a falta de informações e diz que a prefeitura, atualmente, trabalha no ‘achômetro’. “Não temos dados de nada, esse cadastro nos dará uma possibilidade de ter uma gestão muito mais funcional. Queremos saber quantos papagaios, quantos cachorros têm naquela casa, até mesmo para desenvolver um trabalho na zoonose. E vamos ter essa variedade de dados”, destacou.

Questionado se a cidade está preparada para receber tamanho investimento em tecnologia o secretário Jones Donizete afirmou que a administração está tomando todos os cuidados para garantir o sucesso no cadastramento e implantação. Ele garantiu a segurança dos dados coletados, já que somente a prefeitura e a empresa terão acesso às informações do sistema, que segundo o secretário, tem uma rigorosa política de privacidade.

 

com informações de Jornal Na Net e O Taboanense

Adicionar comentário

Aviso: No momento do cadastro são capturadas informações que possibilitam a identificação individual do usuário e de seu computador

banner_linkei_1 anuncio_sansuy_1 anuncio_embu_sa_1

Folha de Embu
Fundado em 04/01/59 - Diretor: Edvan Ramos de Carvalho - Fundador: Dr. Mário Osassa
Endereço: Estrada de Itapecerica a Campo Limpo, 194 - Jd. Independência - Embu/SP
Cep: 06823-300 - Tel/Fax: 11 4149-9556 - Nextel 7743-8133 - Nextel ID - 13*918661 no site - E-mail: folhadeembu@terra.com.br